Capela

Bom Dia!

A capela do cemitério da Consolação em dois momentos, em foto de 1905/1910 de Otto Rudolf Quaas, acervo do IMS e em foto de 2012, do acervo desta página.

1900 - Necrotério (Capela) do Cemitério da Consolação - Otto Rudolf Quaas - IMS

A primeira capela do cemitério, foi construída com doação de de 2 Contos de Réis (uma pequena fortuna para a época) feita pela Marquesa de Santos, em 1857. Em 1901, época em que o vereador José Oswald Nogueira de Andrade (pai do escritor Oswald de Andrade) defendeu pela completa reforma dos muros e do pórtico de entrada argumentando que o cemitério da Consolação estava com um mau e feio aspecto, não coadunando com a moradia dos mortos numa cidade como São Paulo. No ano seguinte, tais obras foram aprovadas, sendo o projeto contratado com o arquiteto Ramos de Azevedo. Dois meses depois o mesmo ocorreria com a capela, também reconstruída a partir de um plano do mesmo arquiteto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s