Cemitérios do Mundo – Cemitério de Highgate

Bom Dia!

Saindo de São Paulo, onde foram feitas a maioria das publicações e fotos, pegamos a ponte aérea e desembarcamos em Londres para contar a história do Cemitério de Highgate.

Entrada para o lado ocidental do cemitério (foto retirada do site tripadvisor.com)
Entrada para o lado ocidental do cemitério (foto retirada do site tripadvisor.com)

Nas primeiras décadas do século XIX Londres estava enfrentando uma grande crise. O espaço para sepultamentos era inadequada e juntamente com uma alta taxa de mortalidade, o espaço existente não era suficiente para a quantidade de mortos.

Cemitérios e covas foram sendo abertos em lojas, casas e bares – onde quer que houvesse espaço. Eram realizados enterros ilegais, sem a autorização da igreja. Os corpos foram envolvidos em material barato e enterrados entre outros restos humanos em sepulturas com poucos metros de profundidade. Cal era jogada frequentemente para ajudar a velocidade de decomposição, de modo que, dentro de alguns meses a sepultura poderia ser usada novamente. O cheiro destes ambientes, repletos de doenças, era terrível. No início de 1800 Londres tinha uma população de apenas um milhão de pessoas. Nos anos seguintes, a população aumentou rapidamente e consequentemente houve um aumento no número de mortes. Como não havia um local oficial para serem realizados os enterros e o espaço existente era insuficiente, no começo de 1830 as autoridades estavam afirmando que, por razões de saúde pública que algo tinha que ser feito. O Parlamento aprovou uma lei no sentido de que sete novos cemitérios privados deveriam ser abertas no campo ao redor da capital para o enterro. Esses cemitérios foram Kensal Green 1833, West Norwood 1836, Highgate 1839, parque de Abney 1840, Brompton 1840, Nunhead 1840 e Tower Hamlets 1841.

Parte conhecida como Avenida Egípcia (foto retirada do blog uaubabi.com de autoria de Babi Lopes)
Parte conhecida como Avenida Egípcia (foto retirada do blog uaubabi.com de autoria de Babi Lopes)

O Cemitério de Highgate, é oficialmente chamado de Cemitério de St. James, fica no bairro de Highgate, no norte da capital inglesa. Este cemitério foi aberto pela primeira vez em 20 de maio de 1839, quatro dias antes do 20º aniversário da Rainha Vitória, com o desenho do arquiteto e empreiteiro Stephen Geary, como parte de um plano de dotar a Londres de uma série de sete cemitérios privados (acima citados), denominados os “Sete Magníficos”. Em 1854 foi alargado acrescentando-lhe a zona situada ao leste da zona original formando a parte oriental do cemitério.

Parte chamada de "Círculo do Líbano" (foto retirada do blog uaibabi.com de autoria de Babi Lopes)
Parte chamada de “Círculo do Líbano” (foto retirada do blog uaibabi.com de autoria de Babi Lopes)

Assim como o Cemitério da Consolação, logo o Highgate passou a ser a morada final do ricos e endinheirados, que passaram a construir magníficos mausoléus em homenagem a seus entes queridos. O local, que era administrado por uma empresa privada entrou em decadência na década de 60 do século XX, quando tal empresa entrou em falência. muitos túmulos foram vandalizados . A ala leste, mantida pela iniciativa privada e o governo é mais organizada, já a ala oeste, que é mantida por trabalho voluntário, uma espécie de “amigos do cemitério”.

Várias personalidades inglesas e estrangeiras estão sepultadas ai, e pelo que vi a mais famosa delas é o sociólogo alemão Karl Marx, juntamente com sua esposa e seus cinco filhos, no setor reservado aos banidos pela Igreja Anglicana. Ao lado do túmulo, há a inscrição “Trabalhadores de todas as terras, uni-vos” e um busto de bronze. A governanta da família, Helena Demuth, amante de Marx e mãe de um de seus filhos, também está sepultada na mesma tumba.

 

Jazigo de Karl Marx, fotografia de Loz Pycock, retirado de seu Flikr.
Jazigo de Karl Marx, fotografia de Loz Pycock, retirado de seu Flikr.
O cemitério tem fama de ser mal-assombrado (e qual não tem), pessoas alegam que nos túmulos abertos é possível ver fantasmas e vampiros (!?). Encontrei as imagens abaixo no Google, são algumas das muitas coisas interessantes que tem por lá.
A história do cemitério é bem bacana e vale ser conferida, fiz um resumo básico e dos pontos mais importantes. Mas quem quiser saber mais sobre o local e todos seus detalhes, acessem o site oficial do local http://highgatecemetery.org/ (em inglês, óbvio).

Arte Tumular presente no Cemitério de Highgate (retirada do site www. maplegrovecemetery.blogspot.com.br)
Arte Tumular presente no Cemitério de Highgate (retirada do site www. maplegrovecemetery.blogspot.com.br)
Arte Tumular presente no Cemitério de Highgate (retirada do site www. maplegrovecemetery.blogspot.com.br)
Arte Tumular presente no Cemitério de Highgate (retirada do site www. maplegrovecemetery.blogspot.com.br)
Arte Tumular presente no Cemitério de Highgate (retirada do site www. maplegrovecemetery.blogspot.com.br)
Arte Tumular presente no Cemitério de Highgate (retirada do site www. maplegrovecemetery.blogspot.com.br)
Detalhes de Highgate - Lado Leste (Foto de (Juliana Vasquez, retirado do site www.olimpiadas.pop.com.br)
Detalhes de Highgate – Lado Leste (Foto de (Juliana Vasquez, retirado do site http://www.olimpiadas.pop.com.br)
Detalhes de Highgate - Lado Leste (Foto de (Juliana Vasquez, retirado do site www.olimpiadas.pop.com.br)
Detalhes de Highgate – Lado Leste (Foto de (Juliana Vasquez, retirado do site http://www.olimpiadas.pop.com.br)
Detalhes de Highgate - Lado Leste (Foto retirada do site www.golondon.com)
Detalhes de Highgate – Lado Leste (Foto retirada do site http://www.golondon.com)
Anúncios

5 comentários sobre “Cemitérios do Mundo – Cemitério de Highgate

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s